Sobram vagas no setor de TI e empresas buscam profissionais qualificados


Postado em 13/02/2020

=Sobram vagas no setor de TI e empresas buscam profissionais qualificados


tecnologia-informação-ti
Coordenador do curso de Sistemas para Internet da Faculdade Alfa de Umuarama, Anderson Fernandes.

Em 2020 as profissões ligadas ao setor de tecnologia da informação (TI) e internet continuam predominando no mercado de trabalho. A afirmação foi feita pelo levantamento “Profissões Emergentes” da rede social LinkedIn, divulgado no primeiro semestre de janeiro, e reforçada pelo coordenador do curso de Sistemas para Internet da Faculdade Alfa de Umuarama, Anderson Fernandes.

Mais conhecido no meio profissional e acadêmico como professor Burnes, Anderson confidenciou ao jornal Umuarama Ilustrado que só na região de Maringá são mais de 600 vagas de emprego no setor de TI. Ainda segundo o professor, a deficit de profissionais de TI não é só na região, mas em todo Brasil e também nos paises da Europa e Estados Unidos. “Temos alunos do curso de Sistemas para Internet da Faculdade Alfa, que estão atuando home office para empresas de Londres e cidades dos Estados Unidos”, disse.

O coordenador acredita que na região de Umuarama as oportunidades de emprego no setor ultrapassem as 40 vagas. “Para se ter uma ideia, o pessoal do quinto período do curso de Sistemas para Internet do Alfa, 90% está no mercado de trabalho. As empresas estão com dificuldade de contratar, pois precisam de profissionais qualificados. O profissional de TI tem que entender do assunto”, explicou.

ELES APOSTARAM NA TI

gov-facil-umuarama-ti

Geovani Aparecido Pereira, 25 anos, é desenvolvedor na empresa GovFacil de Umuarama e sua perspectiva profissional começou a mudar quando finalizou sua graduação. O jovem também tem uma especialização no setor de Tecnologia de Informação e ressalta que para ser profissional da área a pessoa não pode parar de estudar.

“Sempre gostei de computadores e internet, mas antes eu trabalhava com a instalação de sistemas de segurança de residência, até um amigo me instigar a fazer a faculdade de Sistemas para Internet. Eu agradeço até hoje esse toque, pois foi como olhar dentro do buraco da fechadura. Descobri um mundo gigantesco com a graduação”, disse.

tecnologia-da-informacao-empegos

Atuando no setor desde 2015, Leonan Campos Trentini explicou que desde 2017 o setor vem em uma expansão grande e com isso a carência dos profissionais. “O mercado exige conhecimento atualizado, mas também te dá enumeras possibilidades”,

O PROFISSIONAL DE TI

O primeiro passo para se tornar um profissional de TI é ter força de vontade e foco no aprendizado, além de gostar de tecnologia, alertou o coordenador Anderson Fernandes. “O profissional de TI nunca vai parar de estudar e isso é uma regra. A tecnologia evolui a cada dia. O aluno tem que gostar de computador e de adquirir conhecimento, explicou o professor.

O segundo item levantado pelo professor é buscar um curso superior. “Além do conhecimento, no curso superior presencial o aluno vai ter contato com profissionais já qualificados e que vão passar informações preciosas do mercado. Como exemplo, no curso da Faculdade Alfa os professores atuam no mercado e possibilitam ampliar o network desses alunos”, ressaltou Burnes.


Fonte: Jornal Umuarama Ilustrado

Gostou? Compartilhe!

Mais notícias